seguranca-em-condominios-residenciais
Otima Condominios Nenhum comentário

Normalmente, os moradores consideram que terão segurança. Afinal, são muitas famílias e existem profissionais que observam sempre os portões. Quando se fala em condomínios comerciais, a segurança também é lembrada. Apesar disso, ocorrem roubos e outros problemas. Assim, aprenda o que observar para transformar os condomínios residenciais e comerciais em seguros.

1) Funcionários

Quando algum funcionário é admitido no condomínio, é vital que a administradora realmente pesquise. Se o síndico é quem está gerenciando essa admissão, ele também deve pesquisar. Sendo esse colaborador terceirizado, o que essa companhia de terceirização conhece? E os antecedentes?

 

2) Iluminação

Os condomínios precisam que as suas luzes externas fiquem acesas, sendo importante que todas estejam assim. Essa indicação é especial para os condomínios que ficam em alguma rua mais tranquila, onde alguém poderia tentar alguma invasão.

 

3) Treinamento

Se a administradora admitiu, por exemplo, um novo porteiro, é imprescindível que exista treinamento e q      ue esse treinamento mostre algumas situações suspeitas e também ações. Deve-se salientar que até os porteiros que vêm de companhias terceirizadas precisam desse treinamento.

Infelizmente, há síndicos e também administradoras que menosprezam esse treinamento nos terceirizados, por considerar que é a companhia terceirizadora quem deve realiza-los. De fato, o ideal é que a companhia terceirizadora envie os colaboradores com o treinamento, mas a administradora e mesmo aquele que gerencia o condomínio comercial precisa criar um treinamento pensando em como aquele condomínio é o onde ele está.

 

4) Portões: somente perto

A segurança em condomínios também se liga aos portões. O funcionamento de qualquer portão que esteja no condomínio precisa ser bom. Além disso, é vital que os colaboradores e também os moradores compreendam que usar o controle remoto quando se está longe é perigoso.

 

5) Colaboração

 Quem atua em algum escritório que fica localizado em um condomínio comercial deve conhecer quais são os colaboradores de outros escritórios. Se é um condomínio residencial, os condôminos devem reconhecer-se também. Entretanto, esse “conhecer” não é limitado a saber o rosto: deve-se ter o telefone e aprender superficialmente a rotina. Dessa maneira, as alterações que possam mostrar um sequestro ou uma invasão serão notadas.

 

6) Palestras

Integrantes dos condomínios residenciais e também dos comerciais, certamente, desejam segurança. Assim, os síndicos e as administradoras devem mostrar que essa segurança não vem apenas dos gerentes: os moradores e os colaboradores também precisam agir. Criar parceria, por exemplo, com alguma “Rede de Proteção de Vizinhos” ou “Associações de Bairros” ou mesmo solicitar a policia a realização de palestras, é um item que poderá alertar e manter informados todos os moradores e funcionários.

 

7) Câmeras

Os condomínios comerciais apresentam, geralmente, câmeras. Contudo, os condomínios residenciais também devem possuir e é fundamental que elas estejam ligadas e tenham capacidade de armazenamento de imagens por um período não inferior a 30 dias. Além de existir a câmera, é vital que existam televisões e que elas estejam posicionadas na portaria. Outro item imprescindível é que essas câmeras consigam mostrar toda a localidade do condomínio e não apenas os seus portões.

Ficou alguma dúvida sobre a segurança em condomínios residenciais ou comerciais? Deixe seu comentário abaixo que teremos o prazer em lhe ajudar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × dois =